Avanços da medicina promovem melhor tratamento da dor no quadril

A artrose no quadril causa desgaste na cartilagem do local e acomete preferencialmente idosos, mas também pode ocorrer em jovens. É caracterizada por dor na virilha, nas nádegas e até mesmo no joelho, o que impede atividades cotidianas como caminhar, cruzar as pernas e praticar atividades físicas. Com o gradual aumento da expectativa de vida da população, o problema passou a ser prevalente e, por isso, a medicina tem buscado soluções para devolver aos pacientes a qualidade e liberdade de movimentos que a doença restringe, através do desenvolvimento de medicações, modalidades fisioterápicas e da evolução de técnicas e materiais cirúrgicos, já que em muitos casos a cirurgia (artroplastia) é a melhor alternativa.

 

 

“Atualmente, com o avanço dos materiais e técnicas cirúrgicas, a artroplastia tem se tornado uma opção cada vez mais usada, devido à rápida recuperação do paciente e baixa taxa de complicações”, segundo Dr. Diogo Souto, chefe do Grupo de Quadril do Hospital Maria Auxiliadora. De acordo com o Dr. Montaury Palhares, coordenador do Grupo de Ortopedia do mesmo hospital, além da rápida recuperação, outra vantagem da cirurgia é a possibilidade de realizá-la em pacientes cada vez mais jovens, o que determina seu breve retorno às atividades cotidianas. “No Hospital Maria Auxiliadora, nós seguimos protocolos de avaliação pré-operatória e rígido acompanhamento pós-operatório no intuito de proporcionar ao paciente rápido retorno às atividades, com o completo restabelecimento de sua qualidade de vida, sem dor”, finaliza Dr. Montaury.

10/05/2014
   |   Fonte: Ascom - Grupo Santa

Instalações

Conheça as instalações disponibilizadas pelo Hospital.

fotoLateral